Endurance Brasil: Sigma P1 anuncia novo conjunto de motor e transmissão para 2020

Uma grande novidade da Sigma P1 para a temporada 2020 da Endurance Brasil é um novo conjunto de força, com motor e transmissão desenvolvidos pela própria empresa para protótipos de alta performance. O motor é um 4 cilindros de 1550cc turbo, com o câmbio sequencial de 6 marchas e trocas por paddle-shift.

“É um projeto feito do zero integrando todas as necessidades de um carro de corrida moderno, ao invés de ser um projeto aditivo em que se compram componentes prontos e vão se adicionando peças para completar o conjunto”, conta o engenheiro Evandro Flesch. O projeto busca explorar o novo regulamento 2020, que impõe limites à potência dos motores pelo consumo de combustível. “Fizemos o conjunto mais leve possível com a potência que a categoria permite. O resultado é algo como os motores turbo da Fórmula 1 dos anos 80, mas com gerenciamento eletrônico moderno”, completa Evandro. O motor entrega mais de 500 cavalos de potência, com o corte de giro acima dos 10 mil rpm.

O novo conjunto é cerca de 180 quilos mais leve que o motor V8 turbo com câmbio Xtrac usado nas poles e vitórias da equipe em 2019, onde os pilotos Jindra Kraucher e Aldo Piedade Jr, a bordo do protótipo Sigma P1 se consagraram vice-campeões da categoria P2. “A usinagem CNC nos permite produzir peças com geometrias incríveis em muito menos tempo que por processos tradicionais. A estrutura já é feita para suportar não apenas muita potência como também todas as cargas da suspensão e da asa traseira do protótipo”, explica o engenheiro Pedro Fetter.

A estreia do novo protótipo da empresa está marcada para a etapa de abertura do Império Endurance Brasil, que acontece no próximo dia 1 de agosto no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Fonte: MS2 Comunicação Integrada

Foto: Divulgação

Compartilhe já:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *